Granitos e mármores podem preservar sua beleza e qualidade por muitos e muitos anos. Porém algumas pequenas falhas na execução da obra podem comprometer o resultado final e cuidados simples podem evitar muitos problemas:
– Faça uma varredura no contra-piso antes do assentamento do piso de granito ou mármore. Retire qualquer resto ou fragmento de materiais metálicos como arames, pregos, palha de aço etc. Estes materiais podem, em contato com a umidade, passar sua oxidação para o piso;
– Atenção para o recipiente onde será preparada a argamassa colante. Ele deve estar isento de ferrugem e resíduos de graxa, tijolos, madeiras etc;
– A umidade é grande inimiga das rochas naturais, assim como de revestimentos cerâmicos. Elimine qualquer fonte de umidade que possa atingir o contra-piso. Em áreas críticas é recomendável a impermeabilização da
lage. Óleos e graxas também devem ser totalmente eliminados;
– Em edificações térreas, investigar a umidade do solo e/ou impermeabilizar o contrapiso, para evitar manchas ou favorecimento das subflorescências;
– Recomendamos o uso de cimentos com adição de cinza pozolânica por conferirem ao concreto menor permeabilidade e maior resistência a ambientes agressivos. Alguns tipos disponíveis no mercado são o CP II – Z – 32, o CP IV – 32 ou o CP V – ARI – RS.
– Não é recomendável a aplicação de tratamentos de superfície em rocha disposta horizontalmente sobre argamassa por, pelo menos, quatro semanas após a instalação.
– Evitar o uso de rejuntes impermeabilizantes caso a cura das argamassas do contrapiso e assentamento não tenha sido completa.

Saiba mais em nosso site: www.dimensionalrochas.com.br

Tel.: (28) 3517-4490

Whats: (28) 99956-3579